Postado por : Thainá Cristina 04 junho 2013


Título: Príncipe Mecânico
Série: As Peças Infernais
Autora: Cassandra Clare
Páginas: 406
Editora: Galera Record
Ano: 2013
Resenha por: Luana Gomes
Príncipe Mecânico é o segundo livro da série As Peças Infernais, prequel de os Instrumentos Mortais, da autora bestseller do The New York Times, Cassandra Clare, publicado pela Galera Record. Antes de mais nada preciso deixar bem claro que sou um fã alucinada do universo shadowhunter, então qualquer ataque fangirl que por ventura possa surgir durante essa resenha, terá sido mais forte do que eu. Devidamente avisados, quero agradecer as meninas do blog Quatro Amigas e um Livro Viajante pela oportunidade.

Se em Anjo Mecânico somos apresentados aos perigos que rondam o Enclave e o desejo ensandecido do auto denominado Magistrado por Tessa, e suas intrigas para alcançar tal objetivo, nesse segundo volume a ação é deixada um pouco de lado, e Cassandra explora mais o lado emocional de seus personagens. De um lado vemos a aproximação entre Jem e Tessa, o carinho puro e sincero que ambos nutrem um pelo outro e a evolução desses sentimentos. Do outro, acompanhamos Will lutando contra seus demônios, e é nesse tocante que enfim podemos entender o porque das atitude cruéis e o aparente desamor que ele demonstra para com todos, menos Jem.


A corrida em busca de Axel Mortmain segue desenfreada, e agora o controle do Instituto de Londres está em risco graças as maquinações do patriarca dos Lightwood, que anseia expurgar Charlotte desse posto como forma de vingança. Seguindo algumas pistas, nossos herois se aproximam cada vez mais das razões do Magistrado, ou se preferir do Príncipe Mecânico, para a destruição juramentada de todos os nefilim de Londres e futuramente do mundo (Ambicioso ele? Aprendiz de Lord Voldemort).

Tessa continua uma heroína forte e madura, e por mais que seja uma moça fundamentalmente vitoriana, não é cheia de frescurite como poderia se esperar. Outra coisa que a Titia Cassie acertou em cheio nesse livro foi o tom, o ar melancólico e sombrio da Londres de meados do fim do século XIX salta das páginas, elemento esse que no primeiro volume me incomodou um pouco, por ter faltado certa verosimilhança.

E o que falar do romance? O que dizer desse triângulo? Apenas e para inicio de conversa, ler As Peças Infernais é como ver um acidente se formando e não poder fazer nada para evitar, conhecem aquela expressão: Tragédia anunciada? Jem e Will são parabatai - termo esse que será profundamente explicado para total entendimento do leitor - mais que irmãos; em dado momento é citado que os dois tem as almas costuradas, que são a mesma pessoa. Como, me expliquem COMO a relação desses dois poderá não se abalar ou ser completamente destruída? Os dois amam a mesma garota, e se amam acima de tudo isso mais que tudo. Estou ficando delirante eu sei. Mas em Príncipe Mecânico, nosso coração é tirado do peito, pisado, torturado, esmagado e só depois de tudo isso é devolvido a seu lugar de origem, como um órgão obsoleto e desfuncional.

Cassandra explora todos o personagens de seus livros, absolutamente todos. E isso é uma das coisas que mais gosto no seu traço narrativo, ela não secundariza suas histórias. Temos Sophie e os garotos Lightwood, Henry e Charlotte, todos devidamente aproveitados durante a sequencia dos acontecimentos.

E em meio a isso tudo temos Will, aaaah Will. Não sei se deu para perceber mas ele é meu personagem favorito, não só dessa série, mas de todos os livros escritos pela Cassie até agora, vencendo até mesmo o Magnus. É desesperador ver o paralelo que ela compôs entre ele e Sidney Carton da obra clássica Um Conto de Duas Cidades, do inglês Charles Dickens. Me encontrei em 90% dos momentos querendo pegá-lo no colo e sarar seu coraçãozinho sofrido, e depois das últimas e soluçantes páginas de Príncipe Mecânico, não sei o que será de mim durante a leitura de Clockwork Princess, Princesa Mecânica em tradução livre, que de acordo com a editora será publicado ainda esse ano no Brasil.

Explorando várias formas de amar e ser amado, Cassandra emociona e toca seus fãs, no livro que me deu a ressaca literária mais recente e difícil de superar da minha vida. E vocês já leram Príncipe Mecânico? Pretendem lê-lo em breve? Contem-me tudo nos comentários.


 


Sobre a edição: O padrão adotado pela Galera Record desde Os Instrumentos Mortais permanece em As Peças Infernais, a diagramação é simples e a capa tem todos aqueles brilhos escandalosos, que particularmente acho que não combinam muito com as capas lindas e de época dessa série. Detectei apenas uns dois erros de revisão, mas que não comprometem o entendimento, e o que mais me encantou nessa edição foi o verso das capas em verde - maluquice minha confesso. Pode ser encontrado nas principais livrarias do país.



Comentários
31 Comentários

{ 31 comentários... comente você também }

  1. Eu comprei os 4 primeiros livros da série IM, mas ainda não li acredita, quero ler mais perto de sair o filme e quero ler essa série também. Eu estou apostando que vou gostar muito dos livros e do filme pelo trailer parece que vai me conquistar.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já eu não gostei muito do trailer, achei bem sem sal pra ser sincera, sei lá, acho que pro pessoal que não leu o livro ou nem mesmo conhece não tem nenhum atrativo extra dos demais.

      Excluir
    2. Sugiro que ao menos leia o primeiro pra ver qual as diferenças com o filme. São muito bons esses livros!

      Excluir
  2. Tentando imaginar o que acontece com Will...
    Bom comprado ele está, só falta a boa vontade da saraiva de enviar logo para que eu possa ler..
    sinto que lágrimas rolaram [novidade] durante a leitura.

    Amei a resenha, como sempre arrasando Lú.
    Bjuxxx

    ResponderExcluir
  3. tÔ aqui pensando no que será que acontece com Will...
    Esses Herondale sofrem pouco né? sqñ
    Agora vou ficar pensando nisso :/

    Bom, comprado ele já está, só falta a saraiva me enviar, pelo amor de Deus!!!!!

    Amei a resenha,
    arrasou como sempre Lú..
    e siim.. todo mundo percebeu que vc ama os livros kkkkk
    bjuxxx

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro a escrita da Cassandra Claire, mas ainda não li nenhum dos livros da série Peças infernais.
    Li apenas os 2 primeiros da série Instrumentos mortais.
    Morri de rir com a sua divagação sobre a capa, eu até gosto, mas que elas brilham muito, isso é verdade.

    Bjok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, eu particularmente acho esse efeito bem estranho, sério. Parece que as capas tão se praparando pro carnaval cheias de confete. Sei lá >.<

      Excluir
  5. Simmmmmm, Li príncipe mecânico ano passado, e eu amo os livros da Cassandra. Comprei os 3 primeiro de IM em 2011 e foi paixão a primeira lida rss. Infelizmente não tive a oportunidade de ler, mas estou bem curiosa, necessito. Em relação ao primeiro livro de Peças infernais, foi incrível, é um livro que te envolve kk, eu ri feito louca,e sinceramente achei o Will um pouco idiota no final, mas tenho esperança de entender os atos dele no segundo livro, fora isso amei tudo, muuuuito bom, afinal é Cassandra neh gente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela me deixa louca! Ri e tive trecos com esse livro também, mas o fim foi de me matar de raiva! Queria demais saber daquela parte o livro todo e quando chego no fim é que mostra. Magnus me trolando nos livros de IM falando do Will, me deixando tonta de vontade de saber mais e chega no fim desse é que ela faz alguma coisa que dá a dica do que ele estava falando? Eu tive um treco. Imagina a vontade de ler esse novo?!

      Excluir
  6. Caramba! essa trilogia parece ser incrível, pelo menos os dois livros lançados. Nunca li nd da autora, mas quero!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recomendo você ler os primeiro arco da outra serie de Cassandra, Os Instrumentos Mortais, antes de ler As Peças Infernais ... Apesar de ter 130 anos de diferença e distancia, ambas estão muito próximas tbm. Há alguns personagens que aparecem em Os Instrumentos Mortais e As peças Infernais.

      Excluir
    2. Ahh, n sabi que as historias tinham algo haver. Obrigado pela dica!!
      Lerei Cidade dos Ossos ainda este ano, de preferencia antes de assistir ao filme :)

      Excluir
    3. É mesmo, faz bem ler aqueles primeiro, pois lá eles até falam dessa história. E é melhor pra se ambientar, ver a diferença dos livros, o clima muda.

      Excluir
  7. Resenha de Clockwork Prince pela minha parabatai? *-* ... Pois é a trilogia prequel é fantástica, eu fiquei pra morrer quando terminei de ler o Príncipe Mecânico. Fiquei de uma que não resistir e peguei o livro em espanhol mesmo pra ler, e tou quase me convalescendo kkkk ... Lú a resenha tá otima.

    ResponderExcluir
  8. Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh Lú que resenha linda, dá pra sentir em cada palavra a sua paixão pela série. Estou doida pra ler,sou Team Will também, apesar de amar também o Jem. Parabéns miga. Bjs

    ResponderExcluir
  9. Vixi não apareceu meu comentário, mas tudo bem escrevo dinovo kkkkkk.

    Ahhhhhhhhhhhhh Lú que resenha linda, dá pra sentir em cada palavra sua paixão pela série. Estou doida pra ler, sou Team Will também,apesar de também amar o Jem. Parabéns miga. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juliane, tem q esperar o comentario ser aprovado, por isso ele n apareceu de primeira :)

      Excluir
    2. Flor, bem vinda ao clube do comentario nao vai.. kkkkkk
      meu pc sempre me trola, ele apaga do nadaaa.. ¬¬'
      mas a gente nao desiste e digita d novo! \o/

      Excluir
  10. Nossa, Lú. Que resenha fantástica! Realmente, me senti bem assim quando lia o livro. Mas tenho que admitir que muitas vezes, eu simplesmente achava toda aquela dor bonita. Não ficava triste, e sim extasiada. Mas ele não fala só de dor, obviamente. De amor também. E ele me deixou encantada. O jeito da Cassandra escrever me deixa assim.
    Parabéns pela resenha, e que venha Clockwork Princess! *-*

    ResponderExcluir
  11. Olá, já estou seguindo o seu blog ^.^

    Poderia seguir e, se poder, dar uma comentada. Iria agradecer bastante.

    Meu blog passou por um período de hiatus, mas agora esta de volta, então ficarei muito feliz se comentasse :) bjão

    http://meuslivrosparasempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Bullying todos já terem o Jem menos eu Lunny!
    Mais bullying ainda é ter CP2 nas mãos e não poder iniciar :'(
    Triste vida de uma leitora pobre...
    Meu amor eu que agradeço por você ter escrito essa resenha especialmente para o blog ♥
    T-AMÃOOO e você sabe disso né?!

    ResponderExcluir
  13. Como não sentir orgulho dessa menina e como não sentir vontade de ter tal ressaca literária depois de ler uma resenha dessa??? Bom, vamos continuar a leitura de CP né??? Beijos!!!

    ResponderExcluir
  14. Sinceramente, nao sinto vontade de ler esse livro..
    Sou uma das poucas pessoas q nao gostou da série Instrumentos mortais #TodosQueremMeMatar! hahaha entao essa série nao me atrai em nada.. tenho o 1 livro, mas ta na estante e de repente ate troco ou dou pra alguem.. sei la..

    Apesar d td elogio, nao me convenceu..

    bjs

    ResponderExcluir
  15. Taí uma série que eu já deveria ter começado a ler, mas a verdade é que não tenho o primeiro livro aqui então se torna realmente muito difícil. Eu já tive mais vontade de ler, mas parece que com o tempo essa vontade vai meio que esfriando com os novos lançamentos.

    ResponderExcluir
  16. Eu quero o meeeeeeu! Muito bom esse livro, santa Maria da cueca cor de rosa, eu piro! Adoro os livros da autora e só vi resenha boa desse novo, vai ver se não é a morte não ter?! Oo
    é bom demais né? *-*

    ResponderExcluir
  17. Eu só li o primeiro da série, mas estou morrendo de vontade de ler esse segundo.
    Ahhh o Will também é meu personagem favorito.
    Eu geralmente não gosto de triângulos amorosos, mas por algum motivo eu acho que esse "se encaixa" muito bem na estória.
    Depois de ler sua resenha estou morrendo de medo do sofrimento que passarei. Estou pensando seriamente em esperar até o último ser publicado.

    ResponderExcluir
  18. Tantas resenhas positivas e não li nenhum de Peças Infernais ainda, eu sei que eu vou gostar porque sou apaixonada por Instrumentos Mortais mas estou com tanta coisa pra comprar que tá difícil. Concordo com você sobre a Cassandra emocionar os fãs, ela é demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se puder vale a pena ler, ainda serve de complemento para os de IM.

      Excluir
  19. Nossa, logo mais lança o filme e eu ainda não li nenhum dos livros =( Infelizmente não tive oportunidade para comprá-los ainda e a lista de leituras está enorme =(

    ResponderExcluir
  20. Triste eu ainda não li o primeiro livro, mas to louca pra ler, pois a historia parece ser bem interessante e eu adorei as capas dos livros, muito lindas.

    ResponderExcluir
  21. Acabei de ler esse livro. Muitas pessoas falavam que era muito triste, mas eu A-M-E-I. Em alguns pontos, sim, é muito triste, mas é simplesmente perfeito. ótima resenha‼

    ResponderExcluir

^

- Copyright © 2013 Quatro Amigas e um Livro Viajante - Hospedado pelo Blogger -